Links de Acesso

Donald Trump honra caídos no 11 de Setembro

  • Redacção VOA

Presidente deposito flores em memória às vítimas

"O horror e a angústia daquele dia sombrio estão na nossa memória para sempre", disse Donald Trump

O Presidente americano assinalou nesta segunda-feira, 11, o 16 º aniversário dos ataques terroristas contra os Estados Unidos, exacatamente às 8:40, hora em que o primeiro avião embateu-se contra o edifício do World Trade Center, em Nova Iorque.

"O horror e a angústia daquele dia sombrio estão na nossa memória para sempre", disse Donald Trump numa cerimónia no Pentágono, acrescentando que “lamentamos a perda deles, os honramos e prometemos nunca, jamais esquecê-los".

Em Nova Iorque, uma cerimónia marcou o dia com um minuto de silêncio em memória às cerca de três mil vítimas dos ataques, seguido da leitura dos seus nomes.

Na cerimónia, o secretário de Defesa Jim Mattis reiterou que “a nossa nação uniu-se” com o “heroísmo e a compaixão sem fim deles”.

Por seu lado, o vice-presidente Mike Pence preside a meio da manhã uma cerimónia similar em Shanksville, na Pensilvânia, onde outro avião sequestrado caiu depois de 37 passageiros terem atacado os terroristas na cabine para tentar controlar o avião.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG