Links de Acesso

Dois mortos e mais de mil desalojados por cheias no Kwanza Norte


Cheias do Rio Kwanza deixam população sem alimentos

Duas pessoas morreram e centenas de outras estão emsituação desesperada devido a cheias no no município de Cambambe, província do Kwanza-Norte.

Cheias no Kwanza Norte cuasam dois mortos - 1:19
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:19 0:00


Os aldeões que morreram afogaram-se nas aldeias de Kassequel e Mucoso.

As cheias no Dondo iniciaram-sehá duas semanas com a abertura das comportas da barragem hidroeléctrica de Cambambe, mas também seguem o mesmo processo as de Capanda e Laúca para reduzir o nível de água das respectivas albufeiras.

Mais de mil pessoas estão afectadas nas várias povoações alagadas ao longo do curso do Médio Kwanza. Nos bairros Kassequel e Kichingamo na comuna de Massangano habitantes fugiram das suas casas e vivem nas zonas mais altas e nas ilhas.

Os campos agrícolas não foram poupados como referiu Isabel Miguel, à rádio estatal no Dondo.

"Perdemos mandioqueira, perdemos batateira e agora estamos sem comida”, disse.

"Agora não sei se como vamos fazer, se vamos comer como, (porque) não recolhemos nada toda comida foi com a água", acrescentou.

No bairro Kassequel, um dos vários que foi visitados pelo governador do Kwanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, neste domingo, o coordenador Miguel Manuel, diz que a ha falta de comida para alimentar as pessoas afectadas

Os níveis de água continuam a subir referiu o administrador municipal de Cambambe, Adão António Malungo que apelou ao envido de ajuda

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG