Links de Acesso

Dois angolanos expulsos do Brasil


Ministro Sergio Moro assinou as portarias

Eles terão cometido crimes e devem deixar o país juntamente com mais 9 estrangeiros

Dois cidadãos angolanos integram um grupo de 11 estrangeiros que serão expulsos do Brasil de acordo com portarias publicadas na terça-feira, 15, no Diário Oficial da União pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Augusto Didi Ebonete, de 54 anos, e Isaac Paulo Mbumba, de 41 anos, devem cumprir a pena que a estiverem sujeitos “no país ou à liberação pelo Poder Judiciário, com o impedimento de reingresso no Brasil pelo período de 11 (onze) anos e 8 (oito) meses, a partir da sua saída”.

As portarias não referem os crimes que terão cometido no Brasil.

Além dos dois cidadãos angolanos, foram alvo de medida semelhante um colombiano, dois bolivianos, uma russa, um venezuelano, uma sul-africana, um polaco, um paraguaio e um ganês.

Moro baseou a sua decisão num decreto de 2017 no qual um imigrante com sentença de condenação por algum tipo de crime deve sair do Brasil.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG