Links de Acesso

Camponeses acusam administrador dos Ramiros de querer vender a terra onde cultivam

Camponeses na zonas dos Ramiros nos arredores de Luanda acusam o administrador de os querer forçar a abandoar as terras onde cultivam fazendo uso da polícia.

Disputa de terras nos arredores de Luanda 2:00
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:00 0:00

Pelo menos um dos camponeses foi preso e os populares acusam o admisntirador comunal dos Ramiros, Miguel Silva de Almeia de querer vender as terras.

Este recusou-se a comentar à Voz da América,

Segundo Albino Santos camponês da área, tres jovens encontram-se na esquadra do Kilamba e foram detidos por ordem do administrador espaços dos camponeses a quem tem mais dinheiro.

Santos disse que os campos de cultivo estão todos a ser usados para a produção de diversos produtos mas que a polícia os impede agora de lá entrar.

Manuel Bongue outro campones diz desconhecer a razão do Administrador orientar a policia para invadir os camponeses que estão em época de cultivo.

“não sabemos porquê”, disse.

“Fomos invadidos por polícias, fiscais e o próprio administrador”, acrescentou

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG