Links de Acesso

Disputa de terras no Uíge pode terminar no Parlamento


Empresário é acusado de querar expulsar camponeses da sua aldeia

A UNITA prometeu levar ao Parlamento angolano uma disputa de terras na província do Uíge, onde camponeses se dizem perseguidos por um empresário que quer as suas terras.

Uíge: Camponeses ameaçados de expulsão das suas terras -2:37
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:37 0:00

Os habitantes de Ijila Ngola Kitexi queixam-se de estarem a ser escorraçados das suas próprias terras e impedidos de trabalhar pelo empresário André Mayaya que conta, segundo os moradores, com apoio das autoridades locais.

A localidade dista 190 quilómetros da sede da província do Uíge e nela vivem cerca de 300 habitantes que tiram o seu sustento do campo.

Muitos disseram à VOA estar a viver dias de terror.

"O senhor Mayaya quer escorraçar toda a gente da aldeia”, disse um dos habitantes.

Outra morador afirmou que a sua família viveu ali desde o tempo dos seus avós e, emocionada, perguntou se o país “é só para os ricos”.

O primeiro secretário do MPLA da aldeia do Ijila Ngola, Ngonga Adolfo, diz ter tentado ajudar os camponeses escrevendo para as autoridades, mas não recebeu qualquer resposta.

“Parece que metaram debaixo da mesa”, afirmou.

A VOA tentou ao telefone o contacto com o empresário e com a administração do Kitex ,mas sem sucesso.

Uma delegação de deputados da UNITA esteve na zona para averiguar a situação e prometeu levantar a questão à Assembleia Nacional.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG