Links de Acesso

Dezenas de mortos em ataque suicida na capital afegã


Bilhetes de identidades e fotos de eleitores manchadas com sangue no local do ataque.

Mais de 100 feridos alguns em estado crítico. Bombista atingiu centro de registo eleitoral

Pelo menos 57 pessoas morreram e mais de 100 outras ficaram feridas quando um bombista suicida atacou um centro de registo eleitoral na capital do Afeganistão, Kabul.

Um porta-voz do ministério do interior disse à Voz da América que dezenas de pessoas se encontravam em frente do edifício à espera de receberem o seu cartão de identificação para poderem votar em próximas eleições quando o atacante fez detonar explosivos amarrados ao seu corpo.

Fontes hospitalares disseram que dez dos feridos se encontram em estado crítico.

O presidente Ashraf Ghani lançou o processo de registo eleitoral na semana passada dando autorização à Comissão Eleitoral Independente para preparar listas de eleitores para as eleições parlamentares e de conselhos distritais a 20 de Outubro.

O director executivo do governo afegão Abdullah Abdullah disse que o governo continua “decidido em organizar eleições livres e justas e os terroristas não vencerão contra a vontade do povo afegão”.

O embaixador americano John Bass disse que o ataque demonstra “a cobardia e desumanidade dos inimigos da paz e democracia no Afeganistão”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG