Links de Acesso

Desnutrição crónica atinge 60 por cento de crianças em algumas províncias moçambicanas


Unicef diz-se preocupado com a forma como o país lida com a desnutrição crónica

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) diz-se preocupado com a forma como Moçambique lida com a questão da desnutrição crónica em crianças, que em algumas províncias atinge os 60 por cento.

A preocupação foi manifestada durante um recente seminário internacional em que foram debatidas formas de garantir a gestão nutricional das crianças no ensino pré-escolar ao nível dos municípios moçambicanos.

Desnutrição crónica atinge 60 por cento de crianças em algumas províncias moçambicanas - 1:56
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:56 0:00

Para o Unicef, Moçambique continua a registar disparidades no combate à desnutrição crónica em crianças, o que provoca constrangimentos na implementação de programas destinados à promoção de hábitos nutricionais.

De acordo com os resultados do inquérito sobre o orçamento familiar, cerca de 46 por cento das crianças moçambicanas sofrem de desnutrição, o que significa que há províncias ou distritos onde a desnutrição chega a atingir os 60 por cento.

Entretanto, a activista social moçambicana Graça Machel considera que a desnutrição não afecta apenas as crianças, pelo que "ela é uma questão central de planificação do desenvolvimento do país, sobretudo do seu capital humano".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG