Links de Acesso

Deputados da oposição protestam contra eleições de juizes do Tribunal Constitucional


Manifestação de apoiantes da ADI

Intervenção da polícia e manifestações dominam sessão plenária

O Parlamento são-tomense registou nesta segunda-feira, 15, momentos de grande agitação e tensão.

Um grupo de deputados da oposição tentaram impedir a votação dos juízes do novo Tribunal Constitcional, tendo quebrado por duas vezes a urna de votação.

As forças policiais intervieram para repor a normalidade na sessão sobre a eleição dos juízes do novo Tribunal Constitucional.

Enquanto isso no exterior do parlamento, militantes e dirigentes dos partidos da oposição, também tentavam inviabilizar a sessão que tinha como o único ponto da ordem do dia a eleição dos cinco juízes do polémico Tribunal Constitucional.

Impedidos pela policia de avançarem em direcção à Assembleia Nacional, onde centenas de militantes do ADI, o partido no poder, também saíram à rua em apoio ao Governo, os lideres e militantes da oposição decidiram concentrar-se em frente à sede das Nações Unidas para acusar o Executivo de ditadura.

Após a intervenção da polícia na sala do plenário, e com o recinto do Parlamento sob forte aparato policial, a Assembleia Nacional acabou por eleger os cinco juízes do Tribunal Constitucional só com a presença dos deputados do poder.

Os da oposição abandonaram a sala.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG