Links de Acesso

Denúncias de empresários podem paralisar Congresso brasileiro

  • Redacção VOA

Congresso brasileiro

Oposição lidera pedido de impugnação de Michel Temer e partidos próximos do Governo também

A crise política no Brasil gerada pelas confissões dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, na semana passada, que atingem principalmente o Presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves, ex-candidato presidencial, ameaça paralisar os trabalhos previstos para esta semana no Congresso Nacional.

Os empresários chegaram a um acordo de confissão com a justiça no âmbito da Operação Lava Jato e entregaram ao Ministério Público Federal documentos, fotos e vídeos para comprovar as informações.

As confissões dos irmãos Batista já foram homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STJ) e o conteúdo, divulgado na semana passada.

O STJ autorizou a abertura de inquérito para investigar o Presidente Temer e um dos juízes determinou o afastamento de Aécio Neves do mandato de senador.

No Congresso Nacional, a oposição passou a liderar um movimento a favor do impeachment de Temer e, além disso, os emissários políticos do Governo foram avisados que parte da base que sustenta o Executivo quer a renúncia do Presidente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG