Links de Acesso

Crise na Guiné-Bissau pode infectar a África Ocidental, diz Presidente do Gana

  • Redacção VOA

Nana Akufo-Addo

Nana Akufo Addo defende, na Praia, solução urgente ao nível da CEDEAO

O Presidente do Gana considerou preocupante a situação na Guiné-Bissau que tem potencial para infectar o resto da região.

Nana Akufo Addo, que iniciou na sexta-feira, 19, uma visita de dois dias a Cabo Verde defendeu a “a necessidade urgente de se encontrar uma solução ao nível da CEDEAO para resolver a crise política no país.

”Já é tempo de encontrarmos uma solução porque a situação na Guiné-Bissau tem a tendência de infectar o resto da região e nós conhecemos as outras consequências da instabilidade na Guine Bissau”, advertiu Addo, em referência a “questões relacionadas ao trafico de drogas etc., e tem se transformado num grande fosso na estrutura da nossa região”.

Por isso, defendeu o Presidente do Gana “a necessidade de encontrarmos uma solução é absolutamente urgente, não podem haver dúvidas sobre isso, e acredito que é uma área para a qual, em conjunto, a CEDEAO vai encontrar uma forma de resolver”.

Nana Akufo Addo reconheceu que as crises no Mali e na Guiné-Bissau “têm sido as mais difíceis de resolver, em larga medida pela implicação de forças estrangeiras no caos e instabilidade nesses países”.

Em conversa com jornalistas na Praia, considerou ser de “extrema importância encontrar a fórmula diplomática, política e de segurança que traga a paz e estabilidade".

Addo reiterou estar “comprometido para trabalhar ao nível da comunidade de países da África Ocidental para que se encontrem soluções”.

O Presidente do Gana termina no domingo, 21, uma visita a Cabo Verde com a qual pretende dinamizar as relações entre os dois países, em particular no domínio empresarial.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG