Links de Acesso

COVID-19: Cabo Verde regista segunda morte, a primeira na capital


Palmarejo, bairro residencial da cidade da Praia

Uma senhora com mais de 90 anos faleceu por infeção do novo coronavírus na cidade da Praia, a capital de Cabo Verde, que regista assim a sua segunda vítima falta.

A informação foi avançada nesta sexta-feira, 1, pelo diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Barreto, sem dar muitos detalhes.

"Sabemos já que era uma senhora com mais de 90 anos e com outras doenças o que, provavelmente deve ter, também, contribuído para este desfecho", afirmou Barreto, quem destacou que agora "a taxa de letalidade global passa para 1,6% e a taxa de letalidade para pessoas com mais de 60 anos passa para 33%".

O Ministério da Saúde registou ainda mais "quatro casos suspeitos, dois na Praia e dois em Santa Catarina de Santiago", totalizando assim 123 o número de infetados no país.

Estado de emergência em apenas duas ilhas

Entre eles, Jorge Barreto disse que 74 por cento dos casos estão “assintomáticos” e 26% são de pessoas “com sintomas leves ou moderados”.

Há 18 casos considerados curados.

Entretanto, também hoje, o Presdente cabo-verdiano Jorge Carlos Fonseca, anunciou um novo estado de emergência, a vigorar a partir do dia 3 a 14 de maio, mas apenas nas ilhas de Santiago e Boa Vista, que, em conjunto, tem 120 dos 123 casos.

As demais ilhas vão sair do confinamento mas com restrições definidos pelo Governo como o uso obrigatório de máscaras.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG