Links de Acesso

COVID-19: Angola pode enfrentar nova vaga da pandemia


Vacinação contra a Covid-19 em Malanje Angola

A Comissão Multisectorial para o Combate da Covid-19 em Angola prevê “apertar o cerco” às medidas de controlo, combate e circulação do vírus, sobretudo na capital, Luanda, onde estão concentrados mais de dois milhões de cidadãos.

A duplicação do número de casos forçou a uma reunião de emergência, na terça-feira, 21, da Comissão sob coordenação do general Francisco Pereira Furtado, onde terá sido repensada e analisada a estratégia de combate e prevenção, soube a VOA de fontes seguras.

Dados oficiais indicam que só nesta semana registaram-se 120 casos por dia contra os habituais 20 diários.

O especialista em saúde pública Geremias Agostinho diz não ter dúvidas que o surto esteja associado à Covid-19.

“Depois de uma avaliação acabamos de concluir que se trata da Covid-19, na unidade de saúde onde trabalho dos cerca de 34 utentes com estes sintomas 24 testaram positivo. Os dados da Comissão revelam que os casos passaram de 20 para 140, o que significa que poderemos conhecer uma nova vaga”, disse Agostinho.

COVID-19: Como e de que são feitas as vacinas?
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:57 0:00

Entretanto, a directora nacional de Saúde Pública alerta que a virose que se espalhou por Luanda, causando tosse e dor de garganta pode tratar-se de Covid-19.

Em declarações à rádio pública, Helga Freitas reconhece que o país regista a circulação comunitária pelo que esta é a primeira hipótese levantada pelas autoridades face ao surto que afecta cidadãos de Luanda.

Apesar de não terem sido notificados casos da variante Omicron, Freitas não descarta a possibilidade de poder ter em circulação devido a fragilidade das fronteiras com países infectados.

COVID-19: Que impacto teve na comunidade angolana em Londres
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:43 0:00

“O risco é elevado porque o nosso país mantêm fronteiras abertas com países, onde predominam 90 por cento dos casos de Omicron”, precisou aquela responsável.

Em contrapartida, outro especialista, Elias Francisco, admite a possibilidade de se tratar de outra virose.

"Pode não ser a Covid-19, outras instituições de natureza podem ser analisados outros vírus onde possam ter as mesmas manifestações como as bacterianas”, concluiu.

Angola registou, nas últimas 24 horas, 480 novos casos da Covid-19, sem notificação de óbitos.

Em casos acumulados, o país 66.566 casos confirmados, dos quais 1.738 terminaram em morte.

Omicron em Mocambique - como está a ser resposta do sistema de saúde
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:41 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG