Links de Acesso

COVID-19: Alemanha poderá realizar testes obrigatórios de coronavírus para turistas


Passageiros, Aeroporto de Frankfurt, Alemanha, 24 de julho, 2020 (AP Photo/Michael Probst)

As autoridades da Alemanha poderão introduzir testes obrigatórios de coronavírus para turistas e cidadãos provenientes de destinos de alto risco, após o número de novas infecções no país atingir maior alta em dois meses, disse o ministro da Saúde.

Jens Spahn, escreve a Reuters, disse, no sábado, à rádio Deutschlandfunk que o governo deseja fazer todo o possível para conter a propagação do vírus, além de respeitar os direitos básicos das pessoas.

“Também estamos a verificar se é legalmente possível obrigar alguém a fazer um teste, porque isso seria uma violação da liberdade”, afirmou Spahn.

O ministro, que é membro sénior da coligação conservadora da chanceler Angela Merkel, acrescentou que os tribunais estão a analisar todas as medidas de coronavírus para garantir que sejam proporcionais considerando o impacto dos direitos básicos.

Na sexta-feira, Spahn e seus colegas regionais dos 16 Estados federais da Alemanha concordaram que as autoridades ofereceriam testes gratuitos aos turistas, de forma voluntária.

Indivíduos provenientes de países designados como de alto risco – entre eles Estados Unidos, Brasil e Turquia - serão elegíveis para testes imediatos, enquanto os de outros poderão ser testados em três dias.

Em caso de resultado negativo, o indivíduo proveniente de um país de alto risco não terá que observar uma quarentena de 14 dias.

Reporta-se que até agora, a Alemanha fez um trabalho melhor do que muitos países em conter o vírus, graças a testes iniciais e extensos. Mas os números dos últimos dias preocupam as autoridades.

O número de novos casos confirmados aumentou acentuadamente na sexta-feira para 815, mostraram dados do Instituto Robert Koch (RKI) para doenças infecciosas, o maior número desde meados de maio. Continuou alto no sábado, com 781 novos casos.

No total, a Alemanha teve cerca de 205 mil casos de Covid-19, tendo, pelo menos, 9,100 perdido a vida.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG