Links de Acesso

Consultora alerta para depreciação do kwanza superior a 50 por cento


Notas de kwanzas, moeda angolana

A moeda angolana, o kwanza, deve depreciar-se em mais de 50 por cento em relação ao valor do ano passado, tendo já perdido 20 por cento do seu valor desde o início do ano.

A previsão é da consultora Oxford Economics que aponta o já sentido aumento da inflação para o nível mais alto desde 2017.

Essa depreciação decorre da “queda do preço do petróleo este ano e à liberalização cambial”, escreve a consultora numa nota enviada aos investidores, na qual lembra que o kwanza chegou aos 600 dólares em junho, “mas recuperou graças a um aumento dos preços petrolíferos nas últimas semanas”.

Esta tendência “vai continuar a pressionar os preços dos consumidores, devido à forte dependência de Angola de produtos importados”,com a inflação a poder também aumentar ainda mais com a implementação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e o aumento das propinas, “vai continuar a colocar pressões sobre a inflação”.

Como a VOA referiu na semana passada, no passado mês de julho a inflação teve um aumento de 5,69 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, com o Índice de Preços no Consumidor Nacional a chegar aos 22,93% no mesmo mês, de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG