Links de Acesso

"Com subida do petróleo OGE deve ser revisto", defende Raúl Danda


Raúl Danda

Vice-presidente da UNITA defende investimentos na Educação e Saúde.

O vice presidente da UNITA, Raúl Danda, disse que face à subida do preço do petróleo nos mercados internacionais o Orçamento Geral do Estado (OGE) deve ser revisto.

O documento foi feito com base no preço do petróleo a 50 dólares o barril, mas nesta segunda-feira, 7, o valor atingiu os 75 dólares o barril.

Raul Danda na Huíla - 1:13
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:13 0:00

Ao intervir na Huíla, onde esteve à cabeça de uma delegação da UNITA, Danda disse que esse excedente pode ser usado para colmatar as enormes dificuldades que se fazem sentir nos sectores da Educação e Saúde.

Para Danda, face aos excedentes que se vão registar com a subida do preço do petróleo “o Governo deverá ir ao Parlamento dizer como é que vai gastar este dinheiro”.

Para o vice-presidente da UNITA, o Governo deve então pensar “em olhar para este sector da saúde e da educação».

Durante a sua estada na Huíla, a delegação parlamentar da UNITA deslocou-se aos municípios de Lubango, Cacula, Humpata, Chibia, Quipungo, Matala e Jamba, para além de encontros com entidades empresariais e eclesiáticas da região.

As eleições autárquicas anunciadas para 2020 estiveram entre os assuntos abordados nos encontros e palestras promovidas pelos representantes do povo.

Danda defendeu a realização de autárquicas em simultâneo através do país.

O vice-presidente do Galo Negro descreveu o plano governamental das eleições autárquicas baseadas no gradualismo como reflexo de “um desprezo que o Governo tem pelo pobres”.

“Os angolanos vão aceitar ou vão dizer que nós também temos direito a ser autarquias?» interrogou-se o número dois da UNITA.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG