Links de Acesso

Clientes desesperam-se por créditos bancários no Uíge


BPC com dificuldades em conceder crédito

Falta dinheiro para projectos e para pagar salários na íntegra.

Centenas de clientes de diferentes bancos privados e públicos na província angolana do Uíge queixam-se de várias dificuldades na obtenção de créditos.

A justificação apresentada, quase sempre, é a crise económica e financeira e a falta de dólares.

As dificuldades generalizaram-se entre os funcionários públicos, empresários de pequenas e médias empresas e outros empreendedores.

Pedro Garcia, empreendedor que diz ter todas as condições criadas para o arranque de um projecto comercial, e João Silva, funcionário público, afirmam estar a enfrentar muitas dificuldades para conseguir um empréstimo.

“Para nós, funcionários públicos que dependemos do BPC, temos inúmeras dificuldades para conseguir crédito, não sabemos se é burocracia dos funcionários ou problema do Governo” questiona João Silva.

Por seu lado, Pedro Garcia afirma ter um grande projecto comercial, mas precisa de um crédito no BFA.

“Não está fácil, estou a ouvir que tem de ser em “bisno” vulgo “gasosa”, parece que os bancários também viraram biscateiros”, lamenta Garcia.

Outra dificuldade apontada é a falta de kwanzas nos bancos, principalmente no BPC, o que obriga os funcionários a levantar uma quantia pequena de valores do seu salário, como diz o funcionário Alberto Pacheco, que se deslocou à província do Kwanza Norte para levantar por completo o salário.

A VOA sabe que o BPC vem fazendo contenções de créditos desde 2015, mas recentemente o Conselho de Administração revelou à imprensa que deverá disponibilizar créditos a partir do primeiro trimestre do ano em curso.

XS
SM
MD
LG