Links de Acesso

Cientista franco-iraniana sentenciada no Irão


Fariba Adelkhah

A académica franco-iraniana Fariba Adelkhah foi condenada a seis anos de prisão por um tribunal iraniano, segundo seu advogado.

Saeid Dehghan disse que Adelkhah foi condenada a cinco anos por conspirar contra a segurança nacional do Irão e a um ano por propaganda contra a República Islâmica.

A França pediu a libertação de Adelkhah, mas o Irão não reconhece dupla nacionalidade para os iranianos.

Adelkhah, uma antropóloga de sessenta anos, foi presa em junho passado com Roland Marchal, outro académico francês.

Marchal foi entretanto libertado pelo Irão no início deste ano como parte de uma troca de prisioneiros com a França.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG