Links de Acesso

Ciclone Shaheen aproxima-se de Omã e mata três pessoas


Carros submersos numa rua inundada enquanto o ciclone Shaheen atinge a costa de Muscat, Omã. 3 de Outubro

O ciclone tropical Shaheen atingiu Omã neste domingo, matando pelo menos três pessoas, e as autoridades pediram aos moradores que evacuassem as áreas costeiras e atrasassem os voos de ida e volta para a capital, Muscat.

Uma criança arrastada pela água foi encontrada morta, disse a agência de notícias estatal, e outra pessoa estava desaparecida. Dois trabalhadores asiáticos morreram quando uma colina desabou na sua área residencial numa zona industrial como resultado do ciclone, informou também a agência de notícias estatal.

O olho da tempestade estava a cerca de 60 km de Muscat e carregava ventos fortes de 120 km/h ou mais, disse uma declaração conjunta das agências de risco, meteorologia e aviação civil do país.

Esperava-se que o centro da tempestade atinja a terra durante o final da tarde e à noite, trazendo ventos muito fortes e chuvas intensas.

O comité nacional de emergência disse que o fornecimento de energia seria cortado em al-Qurm, a leste da capital, para evitar acidentes. Mais de 2.700 pessoas foram colocadas em abrigos de emergência.

A maior parte dos cinco milhões de habitantes do país exportador de petróleo vive em Muscat e arredores. As estradas na capital estariam abertas apenas para veículos em viagens de emergência e humanitárias até que a tempestade diminua, disseram as autoridades.

Nos Emirados Árabes Unidos, autoridades informaram que medidas cautelares estão a ser tomadas. A polícia estava a preparar-se para garantir a segurança, conduzindo patrulhas de segurança perto de praias e vales, onde chuvas torrenciais eram esperadas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG