Links de Acesso

Militares e veteranos pedem a Trump para não reduzir orçamento da diplomacia e ajuda internacional


Donald Trump propõe redução de um terço da ajuda internacional

George Casey, David Petraeus, Stanley McChrystal e Wesley Clark entre outros dizem que "as crises de hoje não têm soluções militares sozinhas".

Mais de 150 generais e almirantes aposentados americanos e mais de 1.200 veteranos exortaram a administração Trump a não fazer cortes profundos no orçamento do Departamento de Estado, na ajuda a países amigos e de outros programas no exterior.

O portal do jornal Washington Post informou nesta segunda-feira, 12, que, em cartas separadas, eles enfatizaram a necessidade de investir tanto nas Forças Armadas como na diplomacia.

As cartas foram enviadas no momento em que o Presidente Donald Trump propõe um corte de aproximadamente um terço do orçamento de operações internacionais.

Os militares defendem ainda o fortalecimento da liderança mundial dos Estados Unidos em meio a crises crescentes, em vez de enfraquecer a força do país ao marginalizar a diplomacia e a assistência ao desenvolvimento.

Nomes sonantes e de referência como George Casey, David Petraeus, Stanley McChrystal e Wesley Clark estão entre os subscritores das cartas, para quem "as crises de hoje não têm soluções militares sozinhas".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG