Links de Acesso

Centenas de mulheres de combatentes do Estado Islâmico detidas no Iraque

  • Redacção VOA

As mulhres são da Rússia, Turquia, Ásia central e países europeus

As autoridades iraquianas prenderam cerca de 1.400 esposas e filhos de suspeitos combatentes islâmicos após terem expulsado o Estado Islâmico de um dos seus últimos redutos no Iraque

Fontes oficiais citadas pela agência Reuters disseram que muitas mulheres detidas são da Rússia, Turquia e Ásia central mas há também algumas de países europeus.

Uma fonte policial iraquiana disse que as autoridades estão a tentar determinar a nacionalidade das detidas pois muitas delas não têm documentos.

As mulheres e as crianças estão detidas num campo ao sul de Mosul.

Repórteres da Reuters que visitaram o local disseram haver crescente tensão com refugiados iraquianos que tiveram que abandonar as suas casas devido ás acções do Estado Islâmico

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG