Links de Acesso

Centenas de cartões de eleitores por levantar no Lubango

  • Redacção VOA

Lubango

Partidos preocupados com situação idêntica em toda a província da Huíla

A poucos dias das eleições, na província angolana da Huíla muitoscidadãos não procederam ao levantamento dos seus cartões de eleitor junto de algumas administrações municipais e de bairros.

No Lubango por exemplo, na administração da Mitcha, um dos mais populosos bairros da capital da província cerca de 600 cartões de eleitor aguardavam há duas semanas pelos respectivos titulares, situação que levou a administradora, Beatriz Val a fazer um apelo.

"A administração está aberta todos os dias estamos aqui para atendermos a população", disse.

Esta situação repete-se em quase todas as administrações municipais e de bairros.

O quadro inquieta os partidos políticos na região que receiam por abstenções.

Para Manuel Gomes, da CASA-CE, a coligação está a trabalhar na mobilização para encorajar os cidadãos a levantarem os seus cartões, pois esta situação, disse, prejudica aquela força política.

"A CASA-CE também sai a perder porque a maior parte dos jovens faz parte da população eleitora da CASA-CE", afirmou

Para a UNITA, a mudança desejada pelo partido a 23 de Agosto só poderá ser materializada com a participação de todos e cada voto será fundamental.

"Todos aqueles que assim se deixarem e não levantarem os seus cartões de eleitor perdem a grande oportunidade que poderá acontecer no dia 23 de Agosto», disse o responsável pela comunicação daquele partido na Huíla, Manuel Tchongolola.

Por sua vez, o MPLA quer ver todos nas urnas e alinha no apelo da oposição para que cada cidadão levante o seu cartão eleitoral, de acordo com Faustino Pinto.

«É preocupante para todos quanto mais nós MPLA», afirmou

Os atrasos na emissão quer da segunda via quer dos cartões pela primeira vez no acto de actualização se deveram às dificuldades de impressão registadas por altura do andamento do processo de registo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG