Links de Acesso

Censo de população americana terá uma questão sobre a nacionalidade


Secretário de Comércio Wilbur Ross

A decisão levanta um debate legal e preocupação sobre a baixa participação no recenseamento de 2020

O Secretário de Estado de Comércio dos Estados Unidos Wilbur Ross anunciou que o próximo censo de população residente no país irá incluir uma questão sobre a situação de nacionalidade.

O Bureau de Censo dos Estados Unidos realiza o processo de dez em dez anos, estando o próximo previsto para 2020. O questionário deverá ser concluído este sábado.

Na segunda-feira, 26, Ross disse que a questão sobre nacionalidade é acrescentada a pedido do Departamento de Justiça, que considera ser necessária para a aplicação de leis que protegem os direitos de voto de minorias.

A decisão é alvo de críticas por parte dos que dizem que a questão sobre nacionalidade irá afastar muitas pessoas do processo por receio do governo usar a informação, resultando em ​ lacunas na contagem da população.

Os dados do Censo são usados para determinar o número de assentos que cada Estado tem na Camara de Representantes, assim como na alocação de orçamento para vários programas por parte do governo federal.

O Procurador –Geral da Califórnia, Xavier Becerra, disse que o seu estado vai submeter uma acção para travar o que chama de avanço ilegal.

"Inofensivo à primeira vista, o seu efeito será de facto insidioso", escreveu Becerra num editorial conjunto no San Francisco Chronicle com o secretário de Estado da Califórnia, Alex Padilla.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG