Links de Acesso

CEAST congratula-se com extensão da Rádio Ecclesia a todo o país

  • Redacção VOA

Dom José Manuel Imbamba

Dom Imbamba diz que já decorrem trabalhos técnicos e legais desde o ano passado nesse sentido

O vice-presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) manifestou a sua satisfação pela abertura do Presidente angolano à extensão do sinal da Rádio Ecclesia a todo o país.

"A CEAST recebeu esta notícia com muita satisfação porque, depois de tantos anos de batalha, ouvir este aval do Presidente da República, pois foi uma lufada de ar fresco que caiu sobre nós. De modo que é um direito que foi reposto", afirmou Dom José Manuel Imbamba em declarações à Lusa, citado por vários órgãos de informação, nesta terça-feira, 9, adiantando que já decorrem trabalhos técnicos e legais desde o ano passado para que ainda este ano o sinal da emissora seja ouvido em todo território angolano.

João Lourenço nega tensão com José Eduardo dos Santos
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:17 0:00

Ontem, em conferência de imprensa, João Lourenço disse que este é "um velho problema" e hoje também "um falso problema" e defendeu a liberdade de expressão e de imprensa.

Dom Imbamba explicou que é “evidente que para que a Rádio Ecclesia possa expandir o seu sinal pelo território nacional não haja necessidade de nenhum pronunciamento do Presidente da República, mas devemos reconhecer que, por razões que não importa adiantar aqui, a Rádio Ecclesia não conseguiu até aqui fazer essa mesma extensão do sinal”.

Para o vice-presidente da CEAST, "é a voz do evangelho que vai chegar a todos recantos do nosso país, para que ninguém fique excluído deste convívio da palavra de Deus". Por isso, observou, caberá agora à CEAST trabalhar "nos aspectos legais para podermos começar a emitir em todo território nacional".

PR angolano João Lourenço pede paciência
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:19 0:00

Num comentário à governação de Lourenço, Dom José Manuel Imbamba saudou as reformas em curso e a vontade "de trabalhar com as bases da justiça, ética e o bem comum", lembrando que "a CEAST sempre se bateu nesses propósitos e é com satisfação que vemos e sentimos que realmente a nova governação quer pautar por esses princípios”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG