Links de Acesso

Casa do Gaiato e Governo vão à pesca em Malanje


Entrada da Casa do Gaiato

Uma instituição católica e as autoridades provinciais de Malanje, em Angola, estão envolvidos num programa de cooperação que vai alargar as actividades económicas de um orfanato e ao mesmo tempo diversificar a alimentação dos internos.

Para o efeito, o Gabinete Provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas de Malanje construiu dois tanques e lançou um projecto de aquicultura na Casa do Gaiato, onde estão internados 170 rapazes ,maioritariamente adolescentes órfãos, antes ligados ao mundo da delinquência ou de famílias desfavorecidas.

please wait

No media source currently available

0:00 0:02:29 0:00

Graças à cooperação com aquele gabinete provincial, a produção de peixes em tanque é a nova actividade dos internos que já desenvolvem acções no ramo da agricultura, pecuária, mecânica, alvenaria e carpintaria.

O chefe do Departamento da Piscícola Domingos Paulo Americano disse que a actividade da Casa do Gaiato incentivou as autoridades a iniciarem o projecto que visa também “melhorar a dieta alimentar para essas crianças que aqui vivem”.

“Neste momento estamos com dois tanques já concluídos e a previsão nesta área é de colocar cinco tanques até ao final do ano 2019”, acrescentou.

O responsável da Casa do Gaiato, padre Rafael António Rodrigues Serrano, afirmou que os rapazes internados estão aptos para cuidar da iniciativa do Governo, que trará mais alimentos e recursos para a família.

Padre Telmo Ferraz fundador da Casa do Gaiato Malanje
Padre Telmo Ferraz fundador da Casa do Gaiato Malanje

“Essa parte é positiva, é um possível investimento que vai dar a entrada de receitas para a Casa do Gaiatos, vai ser feito com uma parceira, uma cooperativa que será formada”, disse.

A Obra de Rua Casa do Gaiato de Malanje foi implantada em 1963 pelo padre Telmo Ferraz no bairro Kula-Muxito arredores da capital da província de Malanje.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG