Links de Acesso

Cabo Verde "oferece" residência permanente a investidores

  • Redacção VOA

Palmarejo, bairro residencial, Cidade da Praia, Cabo Verde

A ideia é incrementar o turismo imobiliário

As autoridades cabo-verdianas vão passar a conceder cartão de residência permanente a cidadãos estrangeiros que façam investimentos no sector da imobiliária turística e que comprem casas no país, em determinados montantes.

A proposta de lei que cria um estatuto diferenciado para o titular de uma segunda residência em Cabo Verde, através da emissão de Cartão de Residência, foi aprovada, pelo Conselho de Ministros, revelou nesta sexta-feira, 15, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros.

Fernando Elísio Freire indicou que os cidadãos estrangeiros que investem em Cabo Verde, em imobiliária turística, residência ou segunda residência, num valor que varia entre oito milhões de escudos (cerca de 88 mil dólares) e 13 milhões e 200 mil escudos (144 mil dólares), de acordo com os municípios escolhidos.

“O Governo está, por um lado, a incrementar o turismo imobiliário, em segundo lugar reforçar a nossa competitividade e em terceiro lugar, atrair para o nosso país investimentos importantes de cidadãos no mundo inteiro que busca países com condições para estabelecimentos de segunda residência”, reiterou Freire.

Entretanto, esse estatutonão será atribuído a pessoas com problemas com a justiça.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG