Links de Acesso

Cabo Verde regista mais oito casos de microcefalia ligados ao Zika


Cabo Verde registou mais oito casos de microcefalia associados ao vírus do Zika, totalizando 11 desde que começou a epidemia da doença em Outubro de 2015.

Os primeiros três casos foram revelados há três semanas pelo ministro da Saúde Arlindo do Rosário.

A informação de mais oito casos foi avançada nesta quinta-feira, 23, pela médica epidemiologista Maria de Lurdes Monteiro, do Serviço de Vigilância Integrada e Respostas a Epidemias, durante um encontro sobre o impacto do Zika nas mulheres, promovido pela ONU Mulheres em Cabo Verde.

Entre eles, um nasceu morto, de acordo com a mesma fonte.

Monteiro revelou que, do total dos casos, nove ocorreram na cidade da Praia e dois na ilha do Maio, onde foi registado o caso de morte.

Neste momento, as autoridades sanitárias acompanham 240 mulheres grávidas em todo o país, que não regista qualquer caso desde 25 de Abril.

A epidemia causada pelo vírus do Zika foi declarada em Outubro e desde então registaram-se 7.500 casos suspeitos.

Desse total, 65 por cento são mulheres.

Poderá gostar também

XS
SM
MD
LG