Links de Acesso

Cabo Verde combate exploração sexual de menores

  • Eugénio Teixeira

Cidade da Praia, Cabo Verde

Organizações felicitam plano do Governo mas pedem acções.

O Governo de Cabo Verde aprovou recentemente uma série de medidas para prevenir e combater o abuso e exploração sexual de menores.

A notícia foi bem recebida por organizações que trabalham com menores que defendem uma visão abrangente com acções incisivas de Governo e outros parceiros.

A presidente da Associação de Apoio às Crianças Desfavorecidas, Acrides considera que se deve reforçar o trabalho de sensibilização e transmissão de conhecimentos nas escolas para prevenir e combater o abuso ea exploração sexual de menores, bem como a prostituição de uma forma geral.

Lourença Tavares congratula-se com o plano apresentado pelo Governo, mas diz que o sucesso do mesmo passa necessariamente, pelo envolvimento de todas as estruturas públicas e privadas nessa missão.

''Reforço do trabalho educativo nas escolas, resgate de valores no seio da família cabo-verdiana e campanha de divulgação de mensagens gigantes nos aeroportos, hotéis e outros pontos de interesse público e turístico'', são algumas acções que podem contribuir para minimizar o problema da prostituição no arquipélago, avança a presidente da Acrides.

Tavares afirma que a comunicação social pode desempenhar um papel importante na mudança de mentalidade dos cidadãos.

Já a presidente da Fundação Infância Feliz considera que os diagnósticos de muitos problemas do arquipélago são conhecidos, pelo que o mais importante "é passar da teoria à pratica.

Adélia Pires diz que com a conjugação de esforços e parceira estreita entre o Estado e as diferentes instituições que contribuem para o desenvolvimento do pais, o caminho fica mais fácil para que sejam alcançados resultados positivos.

A antiga primeira-dama enfatiza a necessidade da alocação de mais meios financeiros, realçando que a Fundação Infância Feliz tem conseguido alguns apoios sobretudo de parceiros internacionais, para desenvolver os respectivos projectos.

Outras personalidades abordadas pela VOA também destacam a importância das escolas reforçarem mecanismos educativos sobre a família e valores morais, sem esquecer o grande papel que a comunicação social deve desempenhar nessa matéria.

Outras acções propostas são a aplicação de medidas punitivas rigorosas para os violadores, incluindo a criação de programas de acompanhamento e reeducação dos mesmos visando a melhor inserção na sociedade após o cumprimento das respectivas penas.

XS
SM
MD
LG