Links de Acesso

Cabelo sintético: Africanas gastam mais de 7 mil milhões de dólares


Cabelos sintéticos

Negócio dos cabelos é dos mais rentáveis em África.

As africanas estão a gastar mais de 7 mil milhões de dólares em cabelo falso, avança o site Africafrique.com, que menciona países como África do Sul, Nigéria e Camarões como os maiores clientes da Ásia.

Os números são apontados pelo Africafrique.com e apenas contabilizam três países: África do Sul, Nigéria e Camarões.

A maior parte do cabelo vendido em África vem da Ásia, é feito de fibras sintécticas e baratas, mas o Brasil também se apresenta como um destino apetecível para quem comercializa extensões de cabelo.

O cabelo natural, muito procurado pelas clientes, é oferecido aos vendedores, que por norma o comercializam por valores avultados.

O actor e comediante, Chris Rock, produziu um documentário sobre os perigos do uso de relaxantes e desfrizantes e tissagens ou extensões. O actor foi a cabeleireiros e viu como todo o processo decorre.

Server error

Oops, as you can see, this is not what we wanted to show you! This URL has been sent to our support web team to the can look into it immediately. Our apologies.

Please use Search above to see if you can find it elsewhere

XS
SM
MD
LG