Links de Acesso

Reintegração entre países latino-americanos e a África é uma meta distante


ex Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Lula da Silva cobra dos chefes de estados latino-americanos uma reaproximação no continente e também uma proximidade maior com os países africanos em prol do desenvolvimento econômico, político e social.

Uma política externa mais efectiva, como ele próprio priorizou nos oito anos em que esteve à frente do governo brasileiro.

Brazil e África
please wait
Embed

No media source currently available

0:00 0:03:15 0:00

Mas essa realidade defendida pelo líder petista está bem distante por causa dos problemas estruturais nos governos locais, sobretudo no Brasil que passa por graves crises política e económica. Até mesmo a forma de governar da Presidente Dilma Rousseff, sucessora de Lula, tem sido diferente.

O cientista político Carlos Ranulfo entende que esse momento de dificuldades enfrentadas pelos países distancia ainda mais uma possível reaproximação entre os blocos da América do Sul e da África.

“Tem uma diferença entre Lula e Dilma. O Lula se empenhou pessoalmente na política externa brasileira. Ele conduziu um processo de aproximação com a África e com os países da América do Sul," disse Ranulfo.

O cientista explica que " o Lula fez o que o pessoal chama de diplomacia presidencial. Fernando Henrique Cardoso também já tinha feito isso, mas em outra direção, com os países do norte como os Estados Unidos (...) a Dilma tentou cuidar mais das questões internas enquanto o Lula fez uma intensa política externa”.

Apesar desse momento distante de uma possivel relação estreita entre americanos e africanos, Carlos Ranulfo acredita que uma possível aproximação pode ocorrer em breve, desde que a oposição não ganhe o governo no Brasil em 2018.

Ranulfo recorda que Dilma está com muitos problemas internos e não tem condições hoje de assumir nenhum protagonismo externo.

"Ela tem uma base no Congresso que não funciona além da grave crise política e económica. Ela tem que cuidar disso e não pode fazer a diplomacia presidencial que o ex-presidente Lula fez," disse Ranulfo.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG