Links de Acesso

Bombardeamentos da coligação liderada pelos EUA matam 35 civis na Síria


Observatório Sírio de Direitos Humanos diz que maioria dos mortos era de familiares de combatentes do grupo Estado Islâmico.

Pelo menos 35 civis morreram nesta quinta-feira, 25, nos bombardeamentos militares da coligação liderada pelos Estados Unidos muma cidade do leste da Síria que está nas mãos do grupo extremista Estado Islâmico, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A maioria dos mortos era de familiares de combatentes do grupo terrorista, entre eles sírios e marroquinos, informou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman. "Outros nove são civis sírios, dos quais cinco são crianças", acrescentou.

Segundo o OSDH, os bombardeamentos atingiram edifícios de moradias de Mayadin, uma cidade da província síria de Deir Ezzor.

Em dois dias de bombardeamentos contra Mayadin morreram 50 pessoas no total, segundo a OSDH.

Entre em 23 de abril e 23 de Maio, 225 civis foram abatidos na Síria, segundo o OSDH.

Além disso, o Pentágono publicou na quinta-feira uma investigação segundo a qual mais de 100 civis morreram no ataque contra um esconderijo de armas do grupo Estado Islâmico em Mossul em Março.

Mais de 320 mil pessoas morreram desde o começo do conflito na Síria, em março de 2011.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG