Links de Acesso

Bombardeamentos da coligação liderada pelos EUA matam 35 civis na Síria

  • Redacção VOA

Observatório Sírio de Direitos Humanos diz que maioria dos mortos era de familiares de combatentes do grupo Estado Islâmico.

Pelo menos 35 civis morreram nesta quinta-feira, 25, nos bombardeamentos militares da coligação liderada pelos Estados Unidos muma cidade do leste da Síria que está nas mãos do grupo extremista Estado Islâmico, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A maioria dos mortos era de familiares de combatentes do grupo terrorista, entre eles sírios e marroquinos, informou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman. "Outros nove são civis sírios, dos quais cinco são crianças", acrescentou.

Segundo o OSDH, os bombardeamentos atingiram edifícios de moradias de Mayadin, uma cidade da província síria de Deir Ezzor.

Em dois dias de bombardeamentos contra Mayadin morreram 50 pessoas no total, segundo a OSDH.

Entre em 23 de abril e 23 de Maio, 225 civis foram abatidos na Síria, segundo o OSDH.

Além disso, o Pentágono publicou na quinta-feira uma investigação segundo a qual mais de 100 civis morreram no ataque contra um esconderijo de armas do grupo Estado Islâmico em Mossul em Março.

Mais de 320 mil pessoas morreram desde o começo do conflito na Síria, em março de 2011.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG