Links de Acesso

Bispo do Cunene denuncia isolamento de comunidades minoritárias

  • Armando Chicoca

"Há várias gerações" que nunca tiveram acesso à educação.

O Bispo da Diocese do Cunene, Dom Pio Hipunyaty, denunciou o isolamento a que estão votadas as comunidades étnicas minoritárias na região.

Dom Pio Hipunyaty diz estar preocupado com a situação social das comunidades Sãs, Vátua e de outros autóctones, no Sul de Angola, excluídos dos serviços sociais do estado, nas localidades onde se encontram.

O bispo fez notar que nalguns locais há gerações que nunca tiveram acesso à educação.

A região que separa a província do Cunene e Cuando Cubango, segundo o Bispo da Diocese do Cunene não tem serviços básicos do estado para beneficiar as comunidades.

Muitos membros dessas comunidades interrogam-se como é possível o governo enviar cartões eleitorais para a zona, mas não fornecer medicamentos ou mesmo bilhetes de identidade durante os anos que passam.

O prelado católico é de opinião que os servidores públicos do estado deverão se esforçar no sentido de incluir nos projectos sociais todos os angolanos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG