Links de Acesso

Biden responde a apelo de Zelenskyy e anuncia mais 800 milhões de dólares em assistência militar


Presidenet Joe Biden anuncia nova ajuda à Ucrânia, Washington, 16 Março 2022

Assistência à Ucrânia chega a mil milhões de dólares numa semana

O Presidente americano respondeu ao pedido de ajuda da Ucrânia feito nesta quarta-feira, 16, pelo chefe de Estado Volodymyr Zelenskyy com um pacote de 800 milhões de dólares em assistência para armas e equipamentos defensivos.

No entanto, Joe Biden não satisfez o apelo para a criação de zona de exclusão aérea na Ucrânia feito por Zelenskyy ao discursar virtualmente hoje para o Congresso dos Estados Unidos.

“Isso eleva o total da nova assistência de segurança dos EUA à Ucrânia a mil milhões de dólares apenas nesta semana”, disse Biden, acrescentando que este novo pacote por si só fornecerá assistência sem precedentes à Ucrânia.

“Inclui 800 sistemas antiaéreos para garantir que os militares ucranianos possam continuar a parar os aviões e helicópteros que atacam seu povo e defender seu espaço aéreo ucraniano”, explicou.

Além dos 800 sistemas antiaéreos Stinger, o pacote inclui 2.000 Javelin e mil armas leves antiblindagem e seis mil sistemas antiblindagem AT-4, centenas de lançadores de granadas, espingardas e metralhadoras, milhares de rifles e pistolas, mais de 20 milhões de cartuchos de munição e dezenas de milhares de conjuntos de coletes e capacetes.

Na sua intervenção no Congresso, o Presidente ucraniano implorou por mais ajuda dos Estados Unidos e seus parceiros para proteger o país que enfrentar a agressão russa que vai na sua terceira semana.

Volodymyr Zelenskyy também defendeu a criação de uma nova sociedade de países porque, segundo ele, as instituições que foram criadas após a Segunda Guerra Mundial já não são suficientes.

Ele evocou alguns dos piores traumas da história americana, como o ataque do Japão em 1941 a Pearl Harbor, que estimulou os EUA a entrar na Segunda Guerra Mundial, e os ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001, que lançaram a chamada guerra global ao terror de duas décadas.

“Neste momento, o destino de nosso país está sendo decidido”, disse Zelenskyy que falou em inglês durante parte do seu discurso, no qual lembrou as palavras do líder dos direitos civis Martin Luther King Jr.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG