Links de Acesso

Biden pode conversar com Putin se a Rússia não continuar acção militar


Presidente Joe Biden falando sobre a Ucrânia na sala Roosevelt Room, Casa Branca, 18 de Fevereiro, 2022 

O presidente dos EUA, Joe Biden, aceitou uma reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, "em princípio", e somente se a Rússia "não prosseguir com a acção militar", anunciou a Casa Branca no final do domingo.

Um comunicado da secretária de imprensa Jen Psaki disse que o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergey Lavrov, primeiro realizarão conversas nesta semana na Europa.

Biden pode conversar com Putin; Clima tenso, no leste da Ucrânia, conta o jornalista brasileiro Yan Boechat
please wait

No media source currently available

0:00 0:06:50 0:00

Os compromissos diplomáticos ocorrem quando os Estados Unidos alertam sobre o potencial de uma invasão russa da Ucrânia, com autoridades deixando claro que os EUA e seus aliados ocidentais estão preparados para impor sanções punitivas enquanto ainda priorizam uma resolução pacífica para a crise que dura meses.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse a jornalistas nesta segunda-feira que ainda não havia planos concretos para uma reunião de Biden-Putin, e que tal reunião “é possível se os líderes considerarem viável”.

O presidente francês Emmanuel Macron conversou com os líderes dos EUA e da Rússia no domingo e disse que ambos aceitaram o princípio de uma cimeira.

A Ucrânia saudou a iniciativa, com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, dizendo a jornalistas que “todo esforço destinado a uma solução diplomática vale a pena tentar”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG