Links de Acesso

Biden e Putin falam sobre segurança em reunião virtual na quinta-feira


Joe Biden e Vladimir Putin em reunião virtual, Casa Branca, 7 de Dezembro de 2021

Na agenda as exigências de Moscovo à segurança na Europa Oriental

Os Presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, vão manter conversações virtuais amanhã, 30, no momento em que Moscovo intensificou os seus pedidos por garantias de segurança na Europa Oriental.

Os dois líderes discutirão “uma série de tópicos, incluindo os próximos compromissos diplomáticos”, disse a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Emily Horne, num comunicado divulgado nesta quarta-feira, 29.

Ambos mantiveram uma cimeira virtual no passado dia 7.

As negociações acontecem enquanto os EUA e os aliados ocidentais observam o aumento de tropas russas em até 100 mil perto da fronteira com a Ucrânia, alimentando temores de que Moscovo esteja a preparar uma invasão ao país vizinho.

O secretário de Estado, Antony Blinken, falou hoje com o Presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy e, segundo o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, o chefe da diplomacia americano "reiterou o apoio inabalável dos Estados Unidos à independência, soberania e integridade territorial da Ucrânia em face do aumento militar da Rússia nas fronteiras da Ucrânia".

Price acrescentou que foram discutidos esforços para resolver pacificamente o conflito no leste da Ucrânia e os próximos compromissos diplomáticos com a Rússia.

No início da semana, Vladimir Putin disse estar a analisar uma série de opções se o Ocidente não garantir que as tropas da NATO não sejam uma ameaça ao seu país.

No início do mês, Moscovo exigiu que a NATO recuse a entrada da Ucrânia na organização, bem como outros outros países da ex-União Soviética e recue as suas tropas na Europa Central e Oriental.

Na altura, os Estados Unidos reagiram dizendo que algumas exigências eram aceitáveis, mas outras não.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG