Links de Acesso

Bento Bembe reconhece violações mas Angola não é caso único


Secretário de Estado e políticos reagem a resolução do Parlamento Europeu que alerta para aumento das violações dos direitos humanos e corrupção em Angola.

O secretário de Estado dos Direitos Humanos de Angola Bento Bembe reconhece a existência de violações dos Direitos Humanos no país, mas afirma não ser caso único deste país.

please wait

No media source currently available

0:00 0:03:50 0:00
Faça o Download

Bento Bembe disse haver exagero da comunidade internacional na análise da situação em Angola, ao contrário do que, supostamente, diz em relação ao resto do mundo.

Por seu lado, o responsável da Associação dos Presos Políticos de Angola (APPA), Filomeno Vieira Lopes considera que a resolução do Parlamento Europeu “é bem-vinda”.

Vieira Lopes manifestou a esperança de que a resolução do Parlamento Europeu possa vir a convencer as autoridades angolanas a reverem a sua posição sobre as constantes violações da Constituição por se tratar de um país que assume actualmente o cargo de membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Por seu turno, o deputado André Mendes de Carvalho (Miau), da Casa-CE, afirma que a violação dos Direitos Humanos em Angola é um facto indesmentível e que o Governo devia sentir-se obrigado a corrigir o que está mal.

Miau também considera que a preocupação do Parlamento Europeu traduz a dimensão da situação das violações em Angola.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG