Links de Acesso

Benjamin Netanyahu pede que países europeus reconheçam Jerusalém capital de Israel


Benjamin Netanyahu e Federica Mogherini

França e Reino Unido repondem negativamente ao pedido

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse nesta segunda-feira, 11, acreditar que os países europeus vão reconhecer Jerusalém capital de Israel, tal como o fez o Presidente americano Donald Trump na semana passada.

"Eu acredito que, embora ainda não tenhamos um acordo, é isso que vai acontecer no futuro. Eu acredito que todos, ou a maioria dos países europeus irá mover suas embaixadas para Jerusalém, reconhecer Jerusalém como capital de Israel e se dedicar fortemente conosco pela segurança, prosperidade e paz", declarou Netanyahu,

O primeiro-ministro israelite fez essas declarações num encontro com a chefe da política externa da União Europeia, Federica Mogherini, antes de uma reunião de ministros das Relações Exteriores do bloco em Bruxelas.

Entretanto, os governos do Reino Unido e da França reiteraram que não vão reconhecer Jerusalém como capital e que a decisão americana foi um erro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG