Links de Acesso

Base de treino da al-Shabab destruída, diz presidente somali

  • Redacção VOA

Combatentes da Al-Shabab na zona de Lafofe

Forças militares americanas participaram no ataque

Forças militares somális e americanas destruíram uma base de treino da Al Shabab na região de Jubba Central.

O presidente somáli Mohamed Abdullahi Farmajo disse hoje ter autorizado as forças especiais do país em cooperação com os seus parceiros internacionais a levarem a cabo um ataque esta madrugada contra o campo de treino situado perto de Sakow.

O presidente disse que o ataque resultou na destruição de um importante centro de comando e logística da Al Shabab que irá “afectar a capacidade do inimigo levar a cabo novos ataques dentro da Somália”.

As autoridades militares americanas confirmaram a sua participação no ataque que diz ter sido “uma resposta directa às acções da Al Shabab” incluindo recentes ataques a forças somális e da União Africana.

Oito militantes da Al Shbab terão sido mortos no ataque, segundo essas fontes.

Uma fonte disse ao serviço somáli da Voz da América que o ataque poderá ter tido como alvo um grupo de 10 membros da Al Shabab, incluindo importantes figuras desse movimento.

Um porta voz do Pentágono disse que os Estados Unidos estão “comprometidos em colaborar com os nossos parceiros somális e aliados para sistematicamente desmantelar a Al Shabab e ajudar a alcançar estabilidade e segurança através da região”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG