Links de Acesso

Ballet de Anthony Madu tornou-se viral


Anthony Mmesoma Madu, 11 anos, bailarino nigeriano, rodeado de bailarinas na escola Leap of Dance Academy, em Lagos

Anthony Mmesoma Madu, 11 anos, gira tão graciosamente no estúdio de dança como no cimento, por entre a chuva, num bairro de Lagos, Nigéria, com uma postura à altura da sua idade.

Os seus pais em Lagos, Nigéria, queriam que ele se tornasse padre. Em vez disso, ele cativou milhões com seu ballet.

"Quando danço, sinto-me no topo do mundo", disse ele à Reuters.

Um vídeo dele a dançar descalço na chuva no cimento, do lado de fora do estúdio onde ele pratica, o Leap of Dance Academy, tornou-se viral no mês passado.

Mais de 15 milhões de pessoas viram seus alegres saltos e piruetas, sem se deixar abater pela chuva e pela superfície áspera.

O vídeo chamou a atenção da elite American Ballet Theatre, que lhe deu uma bolsa de estudos e providenciou acesso à internet para treino virtual neste verão.

No próximo ano, ele vai estudar nos Estados Unidos com uma bolsa do Ballet Beyond Borders.

"Quando os meus amigos me vêem a dançar, eles pensam, o que esse menino está a fazer, ele está a praticar uma dança estrangeira?", conta Anthony.

"Agora ganhei um grande prémio para ir para os Estados Unidos. Estarei no avião e é disso que estou à espera, e o ballet fez isso por mim."

O vídeo também gerou uma enxurrada de doações para a academia, que ensina os seus alunos de graça. O fundador Daniel Ajala Owoseni disse que usará o dinheiro e a fama para promover o ballet na Nigéria, um país onde ainda não é amplamente praticado.

“Vi a necessidade de trazer uma forma de arte que mostre disciplina, dedicação e compromisso”, disse. "Os alunos que são capazes de aprender tudo isso podem transferi-lo para outras esferas das suas vidas."

c/ Reuters

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG