Links de Acesso

Avião de passageiros interceptado pela força aérea da Bielorússia.


Activista da oposição detido após avião ter sido forçado a aterrar na capital bielorussa

Um avião de combate e um helicóptero da força aérea da Bielorússia forçaram hoje um avião da companhia aérea Ryan Air a aterrar na sua capital afirmando haver uma ameaça de bomba a bordo, mas a oposição diz tratar–se de uma operação para prender um activista a bordo.

Roman Protasevich, que administra o canal NEXTA na rede social Telegram a partir do estrangeiro foi detido logo após o avião ter aterrado em Minsk, a capital da Bielorússia

Protasevich faz face à pena de morte pois foi colocado numa lista de individuos envolvidos em alegadas actividades terroristas.

Protasevich tinha afirmado num tweet pouco antes de embarcar sentir que estava a serseguido.

A líder da oposição Svetalana Tikhanovskaya apelou a Organização Internacional de Aviação Civil para tomar medidas contra a Bielorússia.

O avião viajava da Grécia para a Lituânia com 170 pessoas a bordo de cidadania de cerca de 12 países quando foi interceptado no espaço aéreo da Bielorússia.

Um conselheiro da presidência da Lituânia disse à agência Reuters serem falsas as notíicas que havia explosivos a bordo do avião e que tudo indica que a operação foi pré-planeada.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG