Links de Acesso

Autoridades tradicionais denunciam actos de pilhagem da polícia angolana


Assembleia de autoridades tradicionais analisa actuação da polícia no Cafunfo

Autoridades tradicionais em Cafunfo exigem a restituição da residência e batuques destruídos pela polícia no passado mês de Fevereiro.

Dirigentes tradicionais na Lunda Norte querem compensação da polícia< 1:51
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:51 0:00

Num encontro nesta quarta-feira, 2, em Cafunfo, no municipio do Cuango, na província angolana da Lunda Norte, em que participaram 24 soberanos “Muananganas” , sob presidência de Muandumba Kamba Guxi, aquelas autoridades analisaram também a insegurança das comunidades alegadamente perseguidas pela polícia.

Os três batuques tradicionais (tambores) retidos e destruídos pela polícia destacada em Canfunfo, no passado dia 24 de Fevereiro, presumivelmente a mando do Comandante Municipal do Cuando da corporação, cujo nome não foi revelado, também faz parte da exigência das autoridades tradicionais, segundo o porta-voz do fórum dos “Muananganas”.

O “ancião” André Zende, cuja residência no bairro Comboio, em Canfunfo, foi também alegadamente destruída pela polícia, disse à VOA que desde ao relento desde o dia 24 de Fevereiro.

Além da casa dele, reitera, “os batuques que se encontravam no interior da residência foram levados pela polícia local e destruídos”.

Zende reclama também a pilhagens dos seus haveres e o saque de três motorizadas que não foram devolvidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG