Links de Acesso

Autoridade Palestiniana corta relações com os Estados Unidos e Israel


Mahmoud Abbas fez o anúncio no Egito

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, anunciou neste sábado, 1, o corte de relações com os Estados Unidos e Israel, em consequência do plano de paz para a região apresentado nesta semana em Washington pelo Presidente americano Donald Trump, na companhia do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyanu.

"Informamos que não haverá qualquer tipo de relação convosco (israelitas), bem com os Estados Unidos, incluindo em matéria de segurança, à luz ´do plano americano, que é uma ´violação dos acordos de Oslo", assinados com Israel em 1993, disse Abbas na reunião de emergência da Liga Árabe, realizada no Egito.

"Israel deve assumir suas responsabilidades como potência ocupante dos territórios palestinos", revelou o presidente da Autoridade Palestiniana que disse ter transmitido a mensagem a Benjamin Netanyahu, a quem alertou que o Estado hebreu deve "assumir as responsabilidades como potência ocupante" dos territórios palestinianos.

Os palestinianos "têm o direito de continuar a luta legítima pelos meios pacíficos para pôr fim à ocupação", concluiu Abbas.

O projeto apresentado por Donald Trump no dia 28 de Janeiro inclui um redesenho do mapa da região disputada por israelitas e palestinianos e estabelece um reconhecimento mútuo entre Israel e Palestina, no que o Presidente norte-americano chamou de "solução realista de dois Estados".

O desenho foi feito à revelia das autoridades palestinianas, que não participaram das negociações dirigidas pelo conselheiro e genro de Donald Trump, Jared Kushner, que é descendente de judeus.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG