Links de Acesso

Especialista e Governo apontam quatro municípios no Uíge como primeiros para receber as autarquias


Debate acontece no fim-de-semana

As eleições autárquicas na província angolana do Uíge vão inicialmente realizar-se em quatro municípios, de acordo com o princípio do gradualismo, defenderam alguns participantes num debate realizado no fim-de-semana e no qual participaram organizações da sociedade civil, religiosos, académicos e representantes do Governo.

Ja se conhecem municipios para as autárquicas no Uíge - 1:54
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:54 0:00

O jurista Cristóvão Jeremias, um dos prelectores na Universidade Kimpavita defendee a realização das autarquias em quatro municípios da província numa primeira fase.

“Para o Uíge, nós elegemos já neste trabalho que temos vindo a investigar os municípios do Uíge, Negage, Songo e Maquela do Zombo por terem o nível de desenvolvimento avançado”, avançou o jurista.

Em entrevista à VOA, o vice-governador para Área Técnica no Uíge, Afonso Luviluko, comfirmou que poderão ser escolhidos inicialmente quatro municípios e que as restantes participarão de forma gradual.

“Com base os resultados do senso de 2014, 63 por cento da população do Uíge vive nos quatro municípios, Uíge, Negage, Maquela do Zombo e do Quimbele”, explicou.

Por seu lado, Guilherme Santos, consultor do Ministério da Acção Social, da Família e Promoção da Mulher, defendeu a participação como candidatos de cidadãos afectos às organizações da sociedade civil no processo das autarquias.

“A população do Uíge tem uma cultura letrada e em termos demográficos é muito jovem, neste sentido seria bom se tiver muitos autarcas de várias organizações da sociedade civil”, concluiu.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG