Links de Acesso

Autópsia revela que morte de ex ministro angolano em Maputo deveu-se a causas naturais


Hospital Central de Maputo. Av. Eduardo Mondlane. Moçambique

O Serviço de Medicina Legal da Polícia Moçambicana indicou que o ex-ministro do Ensino Superior angolano Adão Gaspar Ferreira do Nascimento, encontrado morto num hotel de Maputo no passado dia 12, foi vítima de choque cardiogénico resultante do enfarte agudo do miocárdio como consequência de uma cardiopatia isquémica.

A autópsia revelou sinais compatíveis com a doença cardiovascular crónica aguda", de acordo com dados avançados pela missão angolana em Maputo.

Quanto às lesões traumáticas encontradas na cabeça, o relatório adianta que nada têm a ver como causa de morte, "presumindo-se terem resultado da queda no momento do evento cardiovascular".

O corpo de Adão Gaspar Ferreira do Nascimento, ministro do Ensino Superior entre 2012 e 2017, chega na noite de 19 de Dezembro a Angola.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG