Links de Acesso

Aumentam casos de tuberculose em Malanje

  • Isaías Soares

O director do Hospital Sanatório da Província de Malanje, Manuel Adelino de Nascimento João Luís disse esta Quinta-feira, existirem tendências para o aumento de pacientes com tuberculose na região por falta de medicamentos ao nível do país.

“A tendência é haver uma aumento de casos de tuberculose”, disse afirmando que embora haja muitos casos novos, o que é preocupantes, mas muitos são doentes que abandonaram o tratamento.

“Os medicamentos que os pacientes normalmente devem tomar todos os dias durante aproximadamente 8 meses estavam com uma certa carência”, afirmou

“Muitos pacientes são diagnosticados e eles não estão a receber o tratamento da primeira fase”, precisou.

Os dados dos primeiros seis meses do ano em curso apontam “ 2.032 pacientes nos nossos serviços de consulta externa, internamos um total de 191 pacientes, e se nós compararmos o número de internados com o do ano passado (2016) nós tivemos 155 nesse período, tivemos um total de 21 óbitos, 18 doentes foram associados com o VIH”.

Em funcionamento há décadas numa infraestrutura adaptada com 8 salas, o Hospital Sanatório de Malanje carece de mais especialistas e espaços para o atendimento especializado.

“A unidade precisa de uma actualização uma adaptação”, disse João Luís.

“O Hospital não tem um banco de urgência, não tem uma sala de cuidados intensivos para aqueles doentes críticos que vem de outras unidades”, disse afirmando ainda que “muitos deles veem também de casa mas que precisam de um atendimento especializado, independentemente da tuberculose que ele tenha mas tem outros problemas que tem que estar isolado”.

A unidade hospital assistida por 107 profissionais - dos quais 5 médicos (2 expatriados), igual número de licenciados em enfermagem e mais de 40 técnicos de enfermagens a vários níveis - necessita de nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e outros quadros com formação média.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG