Links de Acesso

Atentados terroristas aumentaram sete por cento em 2018


Oito em cada vítimas viviam no Afeganistão, Irão, Síria, Nigéria e Somália

Mais de 10 mil pessoas foram assassinadas em atentados terroristas de cariz islamita em 37 países durante o ano de 2018, revela o Anuário de Terrorismo 'Jihadista' de 2018, divulgado na terça-feira, 5, em Madrid pelo Observatório Internacional de Estudos sobre Terrorismo.

Os dados indicam que oito em cada 10 vítimas viviam no Afeganistão, Irão, Síria, Nigéria e Somália.

Os talibãs foram os mais letais, com 2.493 mortos, à frente do auto-proclamado Estado Islâmico, que provocou 1.745 mortos, e o Boko Haram, que vitimou mortalmente 1.225 pessoas.

O relatório indica ainda que o Afeganistão foi o país com maior número de atentados, 427, enquanto as vítimas ascenderam a mais de 3,500.

O anuário concluiu que, apesar de o número de atentados ter aumentado sete por cento relativamente a 2017, o total de mortos diminuiu 23 por cento.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG