Links de Acesso

Ataque no Mali deixa 134 mortos


Mali

Homens supostamente vestidos como caçadores tradicionais mataram 134 pessoas, incluindo mulheres e crianças e pastores Fulani no Mali, no sábado, 23 de Março.

O assalto à vila de Ogossagou aconteceu numa altura em que uma missão do Conselho de Segurança da ONU visitiu o Mali para tentar encontrar soluções para a violência que matou centenas de civis no ano passado e que se está a espalhar pela região do Sahel da África Ocidental.

Ogossagou Mali
Ogossagou Mali

A comunidade étnica Fulani da região é frequentemente alvo e acusada de ter ligações com organizações jihadistas na área, segundo a ONU.

O governo do Mali disse que "reitera sua determinação em fazer todos os esforços para apanhar os perpetradores dessa barbárie e puni-los, de acordo com as leis em vigor".

Este é considerado um dos ataques mais mortais do género, numa região que tenta recuperar-se do agravamento da violência étnica e jihadista.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG