Links de Acesso

Ataque deixa um morto e dois feridos em Melbourne


Scott Morrison, primeiro-ministro

Homem pegou fogo a carro cheio de cilindros de gás

Um homem esfaqueou três pessoas na cidade australiana de Melbourne nesta sexta-feira, 9, deixando um morto antes de ser baleado pela polícia, que disse que o ataque está a ser investigado como possível acto de terrorismo.

O atacante conduziu um carro carregado de cilindros de gás a que pegou fogo, antes de ser baleado pela polícia.

Um vídeo publicado no Twitter e transmitido na televisão mostrou um homem a apontar uma faca a dois policias no movimentado centro da cidade, enquanto um carro queimava no fundo.

Na Austrália, um homem incendiou um carro, atacou um polícia e acabou morto - duas pessoas ficam feridas
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:08 0:00

Em seguida, um dos policias atirou contra o homem, enquanto outras imagens mostraram duas vítimas esfaqueadas no chão e ensanguentadas.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, disse condenar "o acto de terrorismo", considerando que se trata de um acto "vil e cobarde".

"Os australianos jamais se sentirão intimidados por este tipo de ataques e continuarão a fazer a sua vida e a usufruir das liberdades que os terroristas detestam", acrescentou Morrison que elogiou a forma como actuaram as forças de segurança.

O autodesignado Estado Islâmico reivindicou o ataque que aconteceuem Melbourne, sem apresentar qualquer prova.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG