Links de Acesso

Artes moçambicanas perdem Graça Silva

  • Amâncio Miguel

Graça Silva, actriz moçambicana, em acção; Adelino Branquinho, de Costas. Foto: Yassmin Forte

“Graça Silva, mana Graça, Gracinha, morreu fisicamente, mas a sua obra será eterna”, lê-se no comunicado do Mutumbela Gogo.

Morreu a actriz moçambicana Graça Silva. O seu grupo dos últimos 30 anos, Mutumbela Gogo, comunicou que ela perdeu a vida subitamente “na noite de Sábado, 15 de Abril”, em Maputo.

Actriz e encenadora, Graça Silva iniciou-se no teatro na Escola Secundária Francisco Manyanga, e aos 20 anos de idade participou na fundação do legendário Mutumbela Gogo, o mais popular e internacional de Moçambique.

Com este grupo, Graça trabalhou em inúmeras peças, entre as quais Hamlet, Nove hora, Os meninos de ninguém e Amor vem.

O Mutumbela Gogo escreve que Graça Silva “foi protagonista de campanhas de educação cívica, de saúde e segurança no trabalho, participou em movimentos teatrais contra a corrupção, emprestou o seu talento ao cinema nacional e a sua voz ao teatro radiofónico”.

Graça Silva, actriz, de cesto. Foto: Yassmin Forte.
Graça Silva, actriz, de cesto. Foto: Yassmin Forte.

Nos seus trinta anos de carreira, Graça Silva exibiu a sua classe em festivais teatrais na Suécia, Itália, Portugal, França, Noruega, nas ilhas do indico e Brasil.

“Graça Silva, mana Graça, Gracinha, morreu fisicamente mas a sua obra será eterna”, lê-se no comunicado do Mutumbela Gogo.

“Assim como as estrelas necessitam do sol para brilhar, as pessoas precisam do apoio e carinho umas das outras para brilharem juntas”, escreveu num dos seus últimos posts do facebook, a actriz que deixa três filhos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG