Links de Acesso

Arrancou a vacinação contra a Covid-19 em mulher de 90 anos


Margaret Keenan, aplaudida pelos funcionários do University Hospital, em Conventry, Reino Unido, após receber a vacina

Depois do início no Reino Unido, vacina deve ser aprovada na quinta-feira nos Estados Unidos

No Reino Unido, uma senhora de 90 anos foi a primeira a ser vacinada contra a Covid-19 nesta terça-feira, 8, no pontapé de saíde de uma campanha em massa de vacinação naquele país, o primeiro a usar a vacina da Pfizzer e da Biontech.

Margaret Keenan disse sentir-se privilegiada por ser a primeira pessoa a receber a vacina que, para ela, "é o melhor presente de aniversário antecipado que eu poderia desejar" já que completa 91 anos na próxima semana.

O ministro de Saúde, Matt Hancock, disse que agora havia "luz no fim do túnel".

A segunda dose será dada dentro de 21 dias, mas apenas quatro semanas após a primeira dose, a pessoa terá imunidade contra o novo coronavírus.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, lembrou que as pessoas devem manter as medidas de segurança adotadas ao redor do país para evitar o espalhamento da doença, como distanciamento social e higiene rigorosa das mãos.

A vacina da Pfizer/BioNTech apresentou uma eficácia de 95% na prevenção à Covid -19, segundo estudos da fase 3 de testes, cujos resultados foram apresentados no mês passado, sem efeitos colaterais graves nos voluntários.

Nos EUA, a vacina deve ser aprovada na quinta-feira, 10, depois da agência reguladora de medicamentos e alimentos, FDA, ter reconfirmado, por testes próprios, a sua eficácia.

A farmacêutica Moderna também submeteu a sua vacina à aprovação da FDA e aguarda pela decisão que deve acontecer ainda neste mês.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG