Links de Acesso

Apoiantes de Jacob Zuma concentram-se na sua cidade em solidariedade ao antigo Presidente


Jacob Zuma. Foto de arquivo

Ex-presidente sul-africano tem até ao fim de domingo para se entregar às autoridades e partido no poder convoca reunião de emergência

Centenas de apoiantes do antigo presidente da África do Sul Jacob Zuma concentraram-se hoje na sua cidade natal, Nkandla,numa demonstraçāo de força contra a decisão de um tribunal de o condenador a 15 meses de prisão por se recusar a comparecer perante uma comissão de inquérito à corrupção.

O tribunal deu um prazo até ao fim de Domingo para Zuma se entregar, caso contrário a polícia será enviada para o prender.

A sentença marca mais um passo na queda de Zuma considerado por alguns como um herói da luta de libertaçāo e cuja queda divide profundamente o Congresso Nacional Africano, ANC, no poder.

O Comité Executivo do ANC programou para este fim de semana uma reuniāo extraordinária para discutir a crise.

Zuma apelou ao tribunal para anular a sentença que considera excessiva afirmando ainda que a sentença poderá expô-lo à COVID-19 pondo-o em risco de vida

Hoje Zuma recebeu os seus apoiantes sem qualquer máscara de protecçāo contra a Covid.

O antigo presidente estava protegido por homens com vestimentas tradicionais de guerreiros do seu grupo étnico zulu.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG